Titãs (Fonte: Reprodução)
Titãs (Fonte: Reprodução)

A 2ª temporada de Titãs chegou ao seu final, e você pode conferir a nossa crítica. Mas, com tantas personagens novas chegando, é claro que algumas dariam adeus.

A série do DC Universe já havia flertado com algumas mortes nessa temporada, como a de Jason Todd, o novo Robin, que acabou salvo por Conner, o Superboy. Mas também já havia revertido uma morte: Jericó está vivo!

Além disso, já havíamos acompanhado uma morte, a de Garth, o Aqualad, que resultou em uma busca por vingança que, aparentemente, havia matado Jericó e acabado com o grupo original.

Mas agora, outras duas mortes chegaram com o season finale. Slade Wilson, Exterminador, encontrou seu fim em uma batalha contra Dick Grayson, agora Asa Noturna. Contudo, não foi o herói que o matou. Sua própria filha, Rose, a Devastadora, traiu o pai e se juntou aos Titãs no último minuto, encerrando a vida do pai com sua espada.

Mais tarde, foi a vez de Donna Troy, a Moça-Maravilha, dar adeus. Após a resolução do conflito com o Exterminador, os Titãs precisaram ir atrás de Superboy, que estava sendo controlado pela Cadmus. Após trazer o clone meio Superman meio Lex Luthor de volta, Donna se sacrifica para salvar Dawn, a Columba, de uma torre elétrica que estava caindo.

No final, é revelado que Rachel, a Ravena, foi junto do corpo de Donna para a Ilha das Amazonas, em um tentativa de trazê-la de volta com seus poderes. É possível que, como nas HQs, a heroína retorne. Afinal, sabemos que essas mortes não costumam durar muito nos quadrinhos.

Contudo, Garth está morto há anos e nunca teve uma oportunidade clara de retornar do mundo dos mortos. Só a já confirmada 3ª temporada poderá responder se a Moça-Maravilha retornará.