Greg Berlanti e JIm Parsons (Fonte: Montagem/Getty Images)
Greg Berlanti e JIm Parsons (Fonte: Montagem/Getty Images)

A HBO Max irá desenvolver uma série documental de quatro partes sobre os líderes esquecidos do movimento dos direitos LGBTQ+. O projeto será produzido por Greg Berlanti e Jim Parsons. Assim foi anunciado pelo serviço de streaming nesta quarta-feira (16).

Intitulada Equal, a série documentará as “histórias emocionantes e verdadeiras dos líderes e heróis desconhecidos, pré-Stonewall, que mudaram o curso da história americana através de seu ativismo incansável”, usando tanto imagens documentais quanto encenações finais, de acordo com a descrição do programa.

Os assuntos abordados no programa incluem o ativista dos direitos dos gays Harry Hay; grupo de direitos civis lésbicas Filhas de Bilitis; Christine Jorgensen, uma mulher trans que voou para a Europa para fazer uma transição pública em 1951; e o ativista de direitos dos gays e líder dos direitos afro-americanos, Bayard Rustin.

“Em junho, comemoramos o 50º aniversário dos motins de Stonewall, que ocorreram em uma nova era pelo orgulho LGBTQ+. Embora conheçamos a história por trás daquela fatídica noite de verão, há muitas histórias fascinantes e não contadas dos patriotas, artistas e pensadores que abriram o caminho”, disse Jennifer O’Connell, vice-presidente executiva de não-ficção e programação infantil da HBO Max. “É hora de compartilhar suas histórias heroicas, e não poderíamos ter parceiros mais perfeitos que Jim Parsons, Greg Berlanti, Jon Jashni e Scout para apresentar nosso público da HBO Max a esses pioneiros históricos”.