A co-criadora de FRIENDS, Marta Kauffman, e o produtor executivo Kevin S. Bright abordaram as reações dos espectadores a algumas das histórias mais sensíveis do clássico sitcom.

Kauffman, admitiu que há momentos dos quais ela se arrepende. Por exemplo, a “Monica gorda”. Recorrentemente, a série mostrou a personagem de Courteney Cox se tornar alvo de piadas centradas em seu peso quando era mais jovem.

“Eu gostaria de usar meus óculos de 2019 quando fizemos muito da série. Então há coisas em que olho para trás e digo ‘sim, se eu soubesse melhor, teria feito as coisas de forma diferente’”, revelou a criadora para o Us Weekly na comemoração do 25º aniversário de FRIENDS no Tribeca TV Festival. “Mas eu não fiz”.

Enquanto isso, Bright abordou o assunto de outro ponto de vista, confessando que não se arrepende das partes agora controversas do programa. Ele explica o motivo:

“Porque essas são as coisas agora e não eram as coisas então”, disse o produtor. “Acho que abrimos novos caminhos. Você nunca viu um casamento gay na televisão antes de FRIENDS. Então, acho que chegamos com novidades”.

FRIENDS transmitiu o primeiro casamento na TV estadunidense entre duas mulheres durante sua 2ª temporada, em janeiro de 1996. A ex-esposa de Ross (David Schwimmer), Carol (Jane Sibbett), casou-se com sua parceira, Susan (Jessica Hecht).

Nos últimos anos, alguns pontos explorados pela série foram questionados pelo público. “Monica gorda” é um exemplo. No entanto, a relação de Ross e Rachel (Jennifer Aniston) é, provavelmente, o tópico de maior maior discussão quando se fala sobre as controvérsias da série.