Em sua maioria, os fãs de Game of Thrones se decepcionaram com o final da série de fantasia medieval da HBO. Portanto, alguns deles devem estar depositando todas as suas esperanças nos livros de George RR Martin.

Contudo, a saga literária está demorando para se concluir. Segundo alguns, inclusive, a demora para terminar As Crônicas de Gelo e Fogo foi o que estragou a série. Afinal, ela começou a desandar quando não havia mais material base para se inspirar.

Martin já se desculpou algumas vezes pela demora e prometeu mais uma data para a entrega do sexto livro, Os Ventos do Inverno. Isso depois de desmentir que havia terminado os livros 6 e 7. Mas agora, em uma entrevista ao The Guardian, o escritor revelou o que tem atrasado sua escrita: o próprio fim! Confira a declaração do autor:

“A mesma coisa que deveria ter me acelerado, na verdade, me atrasou. Todos os dias eu me sentava para escrever e mesmo que estivesse em um bom dia… Me sentia mal porque estava pensando: ‘Meu Deus, tenho que terminar o livro. Eu só escrevi quatro páginas quando deveria ter escrito 40’”.

Na mesma entrevista, Martin revelou que a versão televisiva de Game of Thrones não ficou “muito boa”. Muitos fãs concordam com Martin que os finais na TV não foram muito bons.

Uma petição online pedindo que a última temporada fosse reescrita reuniu mais de um milhão de assinantes. Além disso, na San Diego Comic-Con, um astro da série foi vaiado ao defender a 8ª temporada.

Anteriormente, o escritor já havia se manifestado sobre a série, revelando ter ficado “triste” com o programa. Chegou até a alfinetar os showrunners sobre o número pequeno de temporadas.