Depois do grande sucesso da Netflix, A Maldição da Residência Hill, a continuação da série, A Maldição da Mansão Bly, é uma das temporadas mais esperadas do mercado.

O criador da série, Mike Flanagan, está, é claro, trabalhando duro na adaptação de Doutor Sono, de Stephen King, para os cinemas. Mas a Mansão Bly não deixa de ganhar cada vez mais novidades.

Já sabíamos que seria baseada na novela de Henry James, The Turn of the Screw, de 1898, e que as estrelas da primeira temporada, Oliver Jackson-Cohen e Victoria Pedretti, devem voltar.

Mas Flanagan aparentemente ainda tem muitas surpresas para os fãs. Falando com a BMD, o cineasta revelou que a Mansão Bly não será apenas “muito mais assustadora” que a Residência Hill. Mas também é inspirada em contos mais clássicos de Henry James do que The Turn of the Screw.

“Estamos vendo todas as histórias de fantasmas de Henry James como o ponto de partida para a temporada. Por isso é um negócio totalmente novo”, diz ele. “É uma maneira legal de expandir algumas das coisas que eu adorei na primeira temporada. Mas no contexto de uma nova história, sem ter que ser restringido pelas decisões que tomamos da última vez.

“Para os fãs de Henry James, será bem selvagem e, para pessoas que não estão familiarizadas com o trabalho dele, será incrivelmente assustador. Eu já acho que é muito mais assustador do que a primeira temporada, então estou muito animado com isso”, concluiu.