Maisie Williams como Arya Stark e Kit Harington como Jon Snow em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)
Maisie Williams como Arya Stark e Kit Harington como Jon Snow em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)

Os fãs de Game of Thrones têm sido diretos sobre todas as razões pelas quais eles ficaram desapontados na temporada final. Mas a maioria das críticas se resumem a histórias insuficientes para dar aos personagens uma evolução adequada. Os erros do programa até inspiraram videogames.

De fato, a escrita pobre foi citada na petição online para refazer a 8ª temporada. Segundo parte do público, “David Benioff e D.B. Weiss provaram ser escritores incompetentes quando não têm material de origem (ou seja, os livros) para recorrer ”.

“Esta série merece uma temporada final que faz sentido. Subverta minhas expectativas e fazer acontecer, HBO!”, diz a petição. A atriz Sophie Turner saiu contra os haters após a petição viralizar. Mas isso não impediu que um fã alugasse um avião para protestar contra a série. Além disso, os showrunners recentemente foram alvo de novas petições, para impedi-los de fazer a próxima trilogia Star Wars. D&D se pronunciaram, dizendo que queriam um final amado pelo público, mas sabiam que não possível.

Agora, parece que há dados para mostrar que a escrita mudou desde o início da série até o final. De acordo com os dados da OpenSubtitles.org, site de legendas piratas. As palavras ditas por minuto em cada episódio de Game of Thrones começaram a diminuir de temporada para temporada.

O maior número de em um episódio foi dito em algum lugar no meio da 1ª temporada, e a menor quantidade de palavras faladas por minuto alcançou a maior baixa de todos os tempos na 8ª temporada. No caso, o episódio 3, The Long Night, quando todos em Winterfell estão envolvidos em uma batalha contra o exército do Rei da Noite. Confira o gráfico mais abaixo.

Game of Thrones