Com Supernatural, da CW, prestes a encerrar a série após a 15ª temporada, os fãs têm discutido uma ampla variedade de teorias sobre o que a temporada de final da série vai significar para os irmãos Winchchesters.

Sem entrar em nenhuma das principais áreas de spoilers, digamos que Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) serão presenteados com um mar de possibilidades mortais e perturbadoras.

Mas depois de tantos emocionalmente desgastantes, há muito choro entre os fãs. Para ajudar a lidar com a dor, O Bleeding Cool resolveu relembrar de alguns momentos realmente superestimados do show. Confira a lista abaixo!

Confira também a sinopse da última temporada (que não deve ter Jeffrey Dean Morgan como John Winchester) e ao novo visual de Dean Winchester!

Dean do mal

Todo o enredo de “lutar contra demônios interiores, possuído por um idiota e virar um mal” tem sido usado com tanta frequência ao longo da série. No momento em que o Mal de um universo alternativo entrou em Dean, já estávamos cansados!

Nascimento do anticristo

O nascimento iminente da semente de Satanás não foi uma das melhores coisas que aconteceram em Supernatural. Embora conhecer Jack tenha sido.

Escuridão

O gancho foi impressionante. Mas a Escuirdão, não. Seu estranho flerte com Dean e depois ela ser irmã de Chuck não funcionou na série. Provavelmente não a veremos em uma “reunião de família” durante a temporada final.

“Pudding”

Esse momento chegou até a virar camisetas. Mas ainda não é engraçado. Sério. É constrangedor.

Eye of the Tiger

É Supernatural ou o Show dos Famosos? Se é para parar o show pra um lip-sync, pelo menos que fosse valer a pena. E não valeu.