A Netflix cancelou sua série de ficção científica The OA. Certamente, não é a primeira vez que um show de nicho foi cancelado. E provavelmente não será a última. Mas isso não necessariamente significa o fim da série.

Vamos aos fatos: os fãs da série já estão se manifestando sobre o cancelamento. Decerto que a série não é a única que sofreu neste verão estadunidense. O streaming cancelou diversos outros shows, como Tuca & Bertie, Designated Survivor e She’s Gotta Have It. Nenhum deles teve reações tão pungentes.

A série terminou em um enorme gancho. Esse é um dos motivos que mais chateias os fãs. Mas na era dos streamings, dificilmente veremos outro Lie To Me acontecendo. Então, os fãs podem ter esperança. Se fizeram muito barulho.

Apesar de petições como a feita pelos fãs de Game of Thrones realmente não levarem a nada, isso não quer dizer que o barulho dos fãs não é ouvido. Afinal, recentemente vimos um atraso no filme do Sonic por causa de reclamações nas redes sociais.

Além disso, vale lembrar que diversos shows cancelados já foram “salvos” por outros estúdios. Exemplos recentes são Brooklyn Nine-Nine e Lucifer, salva pela própria Netflix.

Então, a Prime Video, Hulu ou a futura HBO Max poderiam muito bem ir atrás dos direitos para continuar a série. Certamente, roubaria um pouco dos assinantes da gigante do streaming.

De fato, é mesma pergunta feita pelos fãs da Marvel quando a Netflix cancelou seus shows. No entanto, é a alternativa mais difícil. A locadora vermelha dificilmente entregaria uma série para a concorrente.

Mas a esperança de ter um final para o programa pode sim estar bem viva. Afinal, quando Sense8 foi cancelada, as reclamações dos fãs foram ouvidas e o streaming deu, ao menos, um fim coerente para o programa. Quem sabe um filme de The OA não vem por aí?