Vingadores: Ultimato (Fonte: Divulgação)
Vingadores: Ultimato (Fonte: Divulgação)

Vingadores: Ultimato voltará para o cinema com novas cenas. Decerto, ao primeiro olhar, isso pode parecer uma atitude desesperada de ultrapassar Avatar como a maior bilheteria de todos os tempos. Contudo, assistir o longa novamente pode te ajudar a ficar mais preparado para as novas séries da Disney+.

Depois de um recorde de primeira semana de lançamento, com uma bilheteria mundial que ultrapassou US$ 1,2 bilhão, o longa poderia se tornar o filme de maior bilheteria de todos os tempos. O culminar de 11 anos de planejamento e 22 filmes proporcionou aos fãs e críticos muita diversão e discussões sobre a evolução dos gêneros de super heróis e blockbusters. Não demorou muito para o filme ultrapassar Titanic e garantir a segunda posição. Porém, não conseguiu superar o outro filme de James Cameron.

Fase 4

Então, é claro que nem a Marvel Studios nem a Disney correm o risco de desacelerar essa franquia. Especialmente porque ela está confortavelmente no topo da lista das franquias de filmes mais lucrativas já feitas. A fase 3 terminará com Homem-Aranha: Longe de Casa. Mas depois disso, o campo está um pouco mais aberto. Filmes confirmados como Viúva Negra, Mestre do Kun-Fu e Os Eternos ainda não receberam datas de lançamento. E há várias sequências esperadas no horizonte. Incluindo Doutor Estranho, Pantera Negra e Guardiões da Galáxia Vol. 3. Mas o MCU também tem planos para a telinha, com séries da Marvel para Disney+.

Marvel Television

O futuro serviço de streaming, que será lançado em novembro de 2019 nos Estados Unidos, anunciou nada menos que quatro minisséries de personagens do Universo Cinematográfico Marvel. Dessa forma, vemos uma nova evolução de estratégia da Marvel Television, que já havia sido operada como uma divisão separada dos filmes. Mesmo que muitas vezes ele fosse referenciado na televisão.

Agents of S.H.I.E.L.D. é um exemplo de uma série que continua a ser popular entre os fãs. Mas em escala e estilo bem menor do que os filmes. Enquanto as séries feitas para a Netflix receberam respostas variadas antes de serem canceladas. Além disso, houve falhas notáveis. Como a série Inumanos, da ABC, que trouxe as piores avaliações de qualquer propriedade relacionada ao MCU. Assim, foi rapidamente cancelada após uma temporada. Contudo, a Disney+ promete ser uma operação mais investida nos cinemas. Dessa maneira, não empurrará o aspecto da TV para o lado, fingindo nos cinemas que simplesmente não existe. Afinal, Kevin Feige já disse que elas influenciaram nos filmes.

O que essas novas séries prometem são apostas maiores, grandes orçamentos e histórias e personagens que se entrelaçam diretamente com o universo cinematográfico. Até agora, as séries oficialmente anunciadas focarão em Loki, Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate e Visão, e Falcão e o Soldado Invernal. Todas as estrelas originais retornarão para desempenhar seus papéis. Já listamos TUDO o que sabemos sobre as séries. Mas agora, vamos saber exatamente como Vingadores: Ultimato configurou o caminho para cada um desses shows.

Soldado Invernal e o novo Capitão América

Sebastian Stan como Bucky Barnes, o Soldado Invernal e Anthony Mackie como Sam Wilson, o Falcão, em Capitão América: Guerra Civil (Fonte: Reprodução)

Ultimato trouxe o fim da carreira de Steve Rogers (Chris Evans) como Capitão América. Em um final emocionante. ele entrega o escudo para Sam Wilson, o Falcão (Anthony Mackie), depois de viver uma vida longa, completa e normal, com Peggy Carter (Hayley Atwell). Essa passagem do manto abre as portas para a série de Sam e Bucky Barnes (Sebastian Stan) de uma maneira nova e fascinante. Embora o programa tenha sido originalmente descrito com o título de Falcão e o Soldado Invernal, parece provável que isso mude para acomodar o novo apelido de Sam. Sam já foi o Capitão América nos quadrinhos antes. Assim como o líder dos Vingadores. O que poderia abrir novas possibilidades para o grupo, agora que o arco dos membros originais da equipe acabaram ou os levaram para seus próprios caminhos.

A série promete também finalmente construir Bucky como um aliado. Ao invés de seguir seu caminho como adversário. Stan já havia comparado a ideia do projeto a filmes de comédia de duplas policiais, como 48 Horas e Fuga à Meia Noite. O que poderia dar ao público uma ideia do tom e abordagem do show para este par. Sam assumindo o título de Capitão América e o peso dessa responsabilidade em um mundo que ainda tenta se recuperar de cinco anos perdidos e o desaparecimento (e retorno) de metade da população certamente seria rico para criar histórias.

Loki e o Tesseract

Tom Hiddleston como Loki em Os Vingadores (Fonte: Reprodução)

A aparição de Loki (Tom Hiddleston) em Vingadores: Ultimato é limitada a dois saltos no tempo: Um onde o vemos rapidamente aprisionado em Asgard, quando Thor vai recuperar a Joia da Realidade, e novamente quando Tony Stark (Robert Downey Jr.), Steve Rogers, Bruce Banner (Mark Ruffalo) e Scott Lang (Paul Rudd) retornam para a Batalha de Nova York, quando Loki desencadeou o caos em Os Vingadores. Enquanto tentam recuperar a Joia do Espaço, localizada dentro do Tesseract, Loki consegue escapar com ajuda do artefato. Então, a continuidade do MCU agora inclui o Deus criador de intrigas em todas as direções, tendo o poder de pular para qualquer lugar, reorganizar o espaço, teleportar através do universo e brincar com a física.

Loki agora basicamente tem onipresença. E com certeza vai causar algum estrago. Os primeiros rumores em torno de uma série Loki sugeriam uma narrativa em que ele abriria caminho através do tempo e/ou espaço para sua própria diversão. Certamente, esse desenvolvimento foi confirmado com os acontecimentos de Ultimato e com a primeira imagem vazada da série.

Gavião Arqueiro e sua substituta

Gavião Arqueiro com Kate Bishop nas HQs e Clint Barton com sua filha em Vingadores: Ultimato (Fonte: Montagem/Reprodução)

Vingadores: Ultimato é, em última análise, uma história sobre o luto e as inúmeras maneiras de lidar com ele. Ou não lidar com ele. O filme mostra como cada um dos heróis que sobreviveram ao estalo de Thanos (Josh Brolin) luta para seguir em frente. Seja por meio de orientação emocional ou simplesmente desistindo. Para Clint Barton (Jeremy Renner), seu luto assumiu a forma de vingança. E ele passou os cinco anos seguintes como um assassino. Assim, o herói foi eliminar aqueles que ele achava que não mereciam ter sobrevivido, enquanto sua família sumiu.

No final, sua família retorna. Mas ele ainda está buscando uma maneira de reparar seus crimes. Isso se encaixa perfeitamente com o que ouvimos sobre a futura série de TV da personagem. Ela se concentrará não apenas em Clint. Mas em sua substitua. Decerto, você lembra da cena dos trailers em que Clint está ensinando uma garota a atirar de arco e flecha. Muitos fãs se perguntaram se a jovem dos trailers de Vingadores: Ultimato era Kate Bishop, sua sucessora nas HQs. Mas acabou sendo a filha mais velha de Clint.

No entanto, o momento ainda atua como um lembrete visual do destino final de Clint de passar o manto para uma nova geração. Esse é um tema importante em Ultimato. Graças a Steve Rogers e Thor (Chris Hemsworth) tomando decisões semelhantes. Afina, o Deus do Trovão também passa seu posto no trono de Asgard para Valquíria (Tessa Thompson). Já sabemos que a série trará uma nova Gaviã Arqueira. Mas se será Kate Bishop ou sua filha, ainda é um mistério.

Wanda Maximoff e Visão

Paul Bettany como Visão e Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate em Capitão América: Guerra Civil (Fonte: Reprodução)

Das quatro futuras séries Disney+, a que se concentrará em Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul bettany) provou ser a mais intrigante pós-Ultimato. Afinal, Visão não está vivo ao fim do filme. E sabemos que a Joia da Mente, intrínseca para seu “conserto”, foi destruída. Mas a Feiticeira Escarlate parece ter esperanças de vê-lo novamente quando fala sobre o assunto no funeral de Tony.

Olsen disse que a série poderia ter uma estética retro-futurista dos anos 1950. Mas isso não revela muito sobre o enredo, ou em que ponto no tempo isso acontece. É claro que isso fez os fãs imaginarem se a clássica saga Dinastia M não está ganhando uma adaptação live action. No entanto, nada foi confirmado. De fato, das quatro séries, WandaVision é a que deixa os fãs da Marvel com mais perguntas, o que não pode deixar de ser fascinante.