Ruby Rose (Fonte: Reprodução)
Ruby Rose (Fonte: Reprodução)

Ruby Rose foi escalada como Batwoman para o crossover Elseworlds. Então, foi quanto para a série Batwoman, que está em cartaz. Enquanto muitos fãs estavam empolgados com a escolha de Rose, havia muita repercussão também.

Alguns fãs da personagem estavam declarando que Rose não era “gay o suficiente” para interpretar a heroína da DC, canonicamente lésbica. É uma reação que não foi completamente embora.

Mas agora, Rose está comentando o assunto mais uma vez. Em uma recente entrevista à Entertainment Weekly, Rose falou que sua identidade sexual impactou sua carreira.

“Sim. Eu vim para os Estados Unidos para atuar, e nem consegui um empresário ou agente, então fiz um curta baseado na minha vida porque tive tempo para isso. Eu coloquei online, apenas para dizer: “Isso é algo que eu queria fazer”, e se tornou viral, o que eu nunca esperei “, disse Rose.

“E então eu tive a oportunidade de fazer um teste para Orange is the New Black porque eles queriam ter um personagem neutro de gênero. Mas também recebi folga. E é aí que você percebe que precisa acompanhar a terminologia. Quando eu fui escolhida como lésbica em Batwoman, eu não sabia que ser uma mulher fluida por gênero significava que eu não poderia ser lésbica porque eu não sou mulher. Não sou considerada lésbica o suficiente”.