Emilia Clarke como Daenerys Targaryen e Kit Harington como Jon Snow em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)
Emilia Clarke como Daenerys Targaryen e Kit Harington como Jon Snow em Game of Thrones (Fonte: Reprodução)

Desde o final de Game of Thrones, os especialistas da indústria se perguntam: será que a HBO conseguirá manter seus assinantes sem seu maior show?

Ainda é cedo para tirar uma conclusão definitiva sobre o destino da rede nesta era pós-GoT. Mas novos dados sugerem que a maioria dos assinantes está aderindo ao serviço, mesmo sem os dragões. Assim relata a Variety.

Para ter uma ideia do destino da HBO, o aplicativo especialista em análises, Sensor Tower, avaliou se as pessoas que assinaram o serviço de transmissão da HBO Now para a temporada final da série de fantasia medieval estavam dispensando o serviço assim que o programa terminasse.

Os dados, que o Sensor Tower compartilhou exclusivamente com a Variety, mostram que a HBO conseguiu manter 84% da receita desses novos assinantes no primeiro ciclo de faturamento após o final. Confira o gráfico mais abaixo.

Essa queda de 16% na receita de assinantes foi um pouco maior do que quando a 7ª temporada terminou em 2017. Mas a receita de novos assinantes caiu apenas 8%. No entanto, foi significativamente abaixo da queda de 40% após o final da 6ª temporada em 2016, bem como a queda de 22% após a 5ª temporada em 2015.

Assim, os dados nos dão uma primeira observada no desempenho da HBO após o final de Game of Thrones, sugerindo que a aposta da rede para manter os assinantes conectados com programas como Chernobyl está valendo a pena. Além disso, os fãs esperam pelos spin off de GoT. Incluindo um com Naomi Watts, que já está em produção.

Gráfico HBO pós Game of Thrones (Fonte: Reprodução/Sensor Tower)
Gráfico HBO pós Game of Thrones (Fonte: Reprodução/Sensor Tower)