The Mandalorian (Fonte: Reprodução)
The Mandalorian (Fonte: Reprodução)

The Mandalorian chegou junto ao seu distribuidor, o serviço de streaming Disney+, trazendo a primeira série live-action do universo Star Wars. A Lucasfilm propõe expandir os limites da já enorme galáxia muito, muito distante e é exatamente isso o que ela faz.

Com uma protagonista bem apresentada, ao mesmo tempo que misteriosa, vivida por Pedro Pascal, o show se propõe a mostrar um pouco desse universo fora da órbita dos Skywalker, que protagonizam os icônicos filmes da franquia. Enquanto ainda não sabemos muito sobre quem é o mandaloriano, ao mesmo tempo não é difícil perceber qual é o arquétipo silencioso que estamos seguindo.

Conforme vamos explorando a galáxia ao lado do mandaloriano, vamos descobrindo coisas novas. Mas isso não significa que a série não traz os já famosos elementos consagrados nesse universo. No primeiro episódio, além é claro da protagonista, derivada de Bobba Fett, encontramos raças alienígenas já apresentadas anteriormente, bem como dróides de manutenção e criminosos congelados em carbonita.

Embora somente o primeiro episódio tenha ido ao ar, já é possível captar o estilo clássico visual de Star Wars, não somente pela produção, mas como, por exemplo, nas transições de cena. Contudo, é algo mais sombrio do que vemos no cinema, e traz uma verdadeira atmosfera dos velhos western. Os momentos finais do primeiro episódio poderiam ser muito bem protagonizados por Clint Eastwood e Lee Van Cleef.

Ainda teremos de esperar para saber se The Mandalorian é de fato um bom programa. Mas, em seus primeiros 40 minutos, que poderiam ter se fechado perfeitamente como uma curta, a série mostra todo o poderio do novo streaming, que nitidamente não polpou gastos para dar vida ao show.