O Mundo Invertido de Stranger Things parece estar ajudando os números de assinantes da Netflix a se recuperarem no trimestre de setembro, após a grande falha da empresa nas projeções de crescimento de clientes para o segundo trimestre.

Como Stranger Things está salvando a Netflix

Em um relatório divulgado na segunda-feira, o Bank of America Merrill Lynch citou dados da empresa de pesquisa Sensor Tower. Estes apontam que os downloads de aplicativos móveis da Netflix no terceiro trimestre de 2019 aumentaram 18% ano a ano. E aumentaram cerca de 30% sequencialmente.

Nos EUA, os downloads de aplicativos da empresa aumentaram 6% em relação ao trimestre do ano anterior e + 13% em relação ao segundo trimestre de 2019, enquanto os downloads internacionais de aplicativos são 21% mais altos anualmente e 34% sequencialmente.

3ª temporada foi o grande trunfo da série

O aumento no terceiro trimestre de downloads de aplicativos da Netflix foi “provavelmente ajudado” pelo lançamento em 4 de julho da 3ª temporada de Stranger Things, além de outras programações, disse o BoFA na nota de pesquisa. Os novos dados levaram as ações da Netflix a subirem 3,6% no início das negociações nesta segunda-feira (09).

A pesquisa dos analistas já havia atrelado à 3ª temporada de Stranger Things como um imã para assinantes. Uma pesquisa da Cowen & Co. divulgada em julho descobriu que 13% dos ex-membros da Netflix disseram que planejavam se inscrever novamente no serviço para assistir Stranger Things 3. Além disso, quase 5% dos consumidores que nunca haviam assinado o streaming disseram que planejavam se inscrever para assistir.

Os números de Stranger Things 3

A Netflix também se gabou do desempenho de Stranger Things 3. Embora suas métricas internas não sejam verificáveis por serviços de terceiros. A empresa alegou que 40,7 milhões de contas assistiram ao programa. Isso só nos primeiros quatro dias de sua estreia. Assim, marcou o maior público de todos os tempos da Netflix para um filme ou série de TV em uma janela de quatro dias.

Dito isto, a Netflix está se preparando para o impacto de novos concorrentes significativos em seus negócios. Isso inclui o lançamento de streamings como a Disney+, Apple TV+ e HBO Max.